Gregori Warchavchik - A chegada do moderno

Organização: Silvia Segall
R$ 120,00
1
Um novo olhar sobre a trajetória e o legado de Gregori Warchavchik, o pioneiro da arquitetura modernista no Brasil

No ano em que se comemora o centenário da Semana de Arte Moderna paulista, chega às livrarias A chegada do moderno, lançamento da BEI Editora que revê a trajetória do arquiteto Gregori Warchavchik, pioneiro da arquitetura modernista no Brasil.

Nascido na Ucrânia, Warchavchik era um jovem arquiteto em 1923, quando migrou para o Brasil. Ao estabelecer-se em São Paulo, casou-se com Mina Klabin, cunhada de Lasar Segall, e travou contato com o círculo de artistas e intelectuais voltados para a discussão da cultura brasileira no século XX – pessoas como Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Flavio de Carvalho, entre outros. A casa que projetou para sua família, inaugurada em 1928 na rua Santa Cruz e hoje tombada pelo patrimônio histórico, foi a primeira construída no país conforme os postulados arquitetônicos modernistas. Em seus projetos, desenhava também o mobiliário interno, bem como elementos como gradis, portões e luminárias.

Com organização da arquiteta Silvia Segall, A chegada do moderno apresenta uma seleção dos principais projetos de Warchavchik, da casa da rua Santa Cruz aos projetos de clubes do fim dos anos 1950, reunindo obras construídas, projetos não executados e desenhos de mobiliário. O livro mostra, assim, tanto seu caráter de pioneiro do modernismo como a forma como se adaptou às transformações do tempo e do mercado, atuando também como empreendedor e construtor. A obra traz textos de Ivo Giroto, da FAUUSP, do arquiteto Carlos Warchavchik, neto de Gregori, e de Maria Cecilia Loschiavo, que discorre sobre o design de mobiliário do arquiteto. O volume traz ainda uma entrevista de Paulo Mendes da Rocha – que recorda com humor a convivência de ambos durante a reforma do Clube Paulistano –, além de uma grande coleção de fotografias, desenhos, plantas e croquis que revelam a inventividade, a inovação e o amadurecimento do trabalho do arquiteto ao longo do tempo.

Apoiado em ampla pesquisa de imagem e em textos que buscam apreender seu tema de diversos pontos de vista, A chegada do moderno lança um novo olhar sobre a trajetória de Gregori Warchavchik em sua complexa carreira, analisando com objetividade e paixão sua importância e seu legado na arquitetura paulista e brasileira.

"Warchavchik foi protagonista no esforço de inserção do Brasil em uma rede internacional de trocas de ideias no campo da arquitetura e do design modernos.”
Silvia Segall

“Pioneiro foi o papel que lhe coube no panorama histórico da arquitetura moderna brasileira [...]; visionária foi sua atuação do início ao fim da carreira, marcada pelo aguçado senso de oportunidade e antecipação que definiu um caminho profissional complexo e aberto às transformações exigidas ao longo de meio século de atividade.”
Ivo Giroto

OS AUTORES

Silvia Segall (org.)
Arquiteta, dedica-se à curadoria de exposições nas áreas de design e arquitetura, com foco no modernismo brasileiro. Foi cocuradora da Ocupação Gregori Warchavchik (Itaú Cultural, São Paulo, 2019) e organizadora e curadora da exposição A Casa Santa Cruz (Parque Casa Modernista/Museu Lasar Segall, 2019).

Ivo Giroto
Professor do departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Desenvolve estudos sobre arquitetura moderna e contemporânea no Brasil e na América Latina em diversos grupos de pesquisa.

Maria Cecilia Loschiavo dos Santos
Professora titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Autora do livro Móvel moderno no Brasil (Olhares, 2015), entre outros.

Carlos Eduardo Warchavchik
Arquiteto pela Universidade de São Paulo, com pós-graduação em História e Teoria da Arquitetura na Architectural Association de Londres. Atua na área de projetos de arquitetura e construção civil.

Ficha Técnica

Autor

Organização: Silvia Segall

Idioma

Português | Inglês

Número de Páginas

256

Ano de Publicação

2022

Formato

23,4 X 29,5 cm

ISBN

978-65-86205-31-2

Tiragem

2.500 exemplares

Peso

1000

Imagens

Fernando Laszlo, acervos particulares e públicos

Acabamento

Brochura com lombo solto, no papel masterblank.

Projeto Gráfico

Bloco Gráfico

Textos

Carlos Eduardo Warchavchik, Ivo Giroto e Silvia Segall

Quem comprou este item também comprou

Isay Weinfeld

Isay Weinfeld e Raul A. Barreneche

R$ 240,00

Tadao Ando Arquiteto

Tadao Ando

R$ 70,00

Tadao Ando Arquiteto

Tadao Ando

R$ 70,00

Não perca nenhum lançamento

Inscreva-se na nossa newsletter e saiba das últimas novidades e promoções especiais.