BEĨ Editora

Bem Vindo(a)!

Blog

BEĨ Editora e IAC convidam para o lançamento de livros inéditos de Willys de Castro

10/04/2013

 

Sexta-feira, 13 de abril, é o último dia da exposição “Deformações dinâmicas”, que vem fazendo a alegria de amantes da arte, desde agosto do ano passado, no IAC – Instituto de Arte Contemporânea. A mostra contempla o legado de Willys de Castro (1926-1988), artista de múltiplas atividades – ícone do neoconcretismo brasileiro, transitou por diversas áreas relacionadas ao universo artístico, entre elas a pintura, o desenho, a música e a poesia.

A faceta poética, entretanto, não recebeu o destaque merecido em meio à intensa produção de Willys de Castro. Por isso nós, da BEI Editora, em parceria com o IAC, decidimos lançar, no dia 13 de abril, dois livros inéditos do artista: 32 poemas (1953/1957) e poemas & poems. As edições seguem as especificações do modelo produzido pelo próprio Willys no final dos anos 1950, mantendo os tipos datilografados, as correções feitas a lápis e o formato sugerido para publicação.

A importância gráfica da disposição das palavras no papel e de sua sonoridade distinta, além da preocupação com a síntese formal, evidenciam os elementos que inseriram Willys no construtivismo e no neoconcretismo brasileiros também na literatura. Fundamentais para apreender o artista como um todo, os livros constituem não apenas a antologia poética de Willys de Castro, mas um marco na história da arte moderna do país.

Confira um dos poemas de poems & poems: