BEĨ Editora

Bem Vindo(a)!

Blog

Alex Vallauri: São Paulo e Nova York como suporte

09/05/2013

O MAM – Museu de Arte de Moderna de São Paulo abriga, desde o dia 16 de abril, a exposição “Alex Vallauri: São Paulo e Nova York como suporte” – um prato cheio para quem se interessa por arte, especialmente de rua.

Visionário e defensor da ideia de “arte para todos”, Vallauri foi o precursor do grafite no Brasil. Formado em Comunicação Visual pela FAAP, entregou-se à missão de disseminar sua obra pelos muros da cidade ao final da década de 1970. Em 1978, a icônica Bota preta, feita no anonimato, era grande conhecida de boa parcela dos paulistanos, tendo se tornado, mais tarde, símbolo da arte urbana no país.

Apropriando-se do kitsch, Alex Vallauri evocou a pop art de Andy Warhol, Roy Lichtenstein e outros para suscitar discussões políticas – como em Arara no telefone dizendo: Já! Já! Já!, em apoio à campanha pelas eleições diretas –, transformar a paisagem urbana e contribuir para tornar a arte o que o artista acreditava que ela deveria ser: acessível a todo o mundo.

Com curadoria de João J. Spinelli, também autor de Alex Vallauri – Graffit, que lançamos em 2011, a exposição ocorre até o dia 23 de junho, na Grande Sala do MAM. Aproveite o fim de semana para visitar a retrospectiva de Vallauri e conhecer a obra do grafiteiro que revolucionou o panorama artístico-cultural do Brasil.

Mais informações sobre a exposição podem ser obtidas no site do MAM: www.mam.org.br.