Bem Vindo(a)!

S. N. Behrman

Samuel Nathaniel Behrman nasceu em 1893, em Worcester, no Estado americano de Massachussets, em uma família de imigrantes judeus provenientes da Lituânia. Graduado em Harvard, notabilizou-se como ensaísta, roteirista e dramaturgo, especialmente por suas comédias. Costumava dizer que “a capacidade de rir das próprias pretensões e defeitos é a marca fiel da nação civilizada e de todos os homens ditos civilizados”.

Ao longo da carreira, Behrman dedicou-se a retratar a classe intelectual e abastada da sociedade americana e seus enfrentamentos morais, tanto em suas peças encenadas na Broadway como em seus roteiros para Hollywood. A estreia na dramaturgia deu-se com a peça The Second Man (1927), à qual se seguiram outras dezessete, entre elas Rain from Heaven (1934), No Time for Comedy (1939), Fanny (1954) e Lord Pengo(1962). O autobiográfico The Worcester Account (1954) revela as memórias de um menino tímido que adorava ler e não jogava beisebol nem tinha muita sorte com as meninas. Também escreveu a biografia do crítico e caricaturista Max Beerbohm (Portrait of Max: Na Intimate Memoir of Sir Max Beerbohm). Duveen, publicado em português pela BEI em 2002, surgiu como um livro em 1952, após o autor ter publicado a série sobre omarchand na revista The New Yorker ao longo do ano anterior. Ao reunir anedotas e lendas que tinha ouvido sobre Duveen e montar um cenário fiel, o autor imortalizou um personagem decisivo na história das coleções de arte americanas. Behrman morreu em 1973, aos 80 anos, em Nova York.

1 Produto(s)

por página

Direção Descendente
  1. Duveen: o marchand das vaidades

    Duveen: o marchand das vaidades

    Sem estoque

    As páginas de Duveen: o marchand das vaidades apresentam ao leitor um retrato apaixonante...

    ** ESGOTADO ** Detalhes

1 Produto(s)

por página

Direção Descendente